[Página do Livro II] [Índice] [VOLTAR] [Adao] [Zank] [Diogo] [Edson] [Rollemberg] [Maria] [Berg] [Ouriques] [Tetê] [Tito] [AVANÇAR]
Autora: Maria Aparecida Profito Pucci
Titulo: Fusca 67
De São Paulo, Capital
Comerciante
Fonte: Concurso Volkswagen
A Maria Aparecida, que na época relatada no causo era enfermeira, começa seu relato com a frase: "Foi num baile de formatura, na volta para casa, dentro de um fusca 67 azul, com bancos reclináveis, que tudo começou. Era o ano de 1976. Dois meses depois, a confirmação da gravidez e o casamento marcado. No dia do casamento, todos já sabiam da história do Fusca, e o procuraram como loucos para a tradicional pichação e colocação de fitas e latas para os recém casados, porém a precaução de guardá-lo na garagem do Padre, durante a cerimônia e a festa, impediu que isto acontecesse."
Com o desenrolar deste causo surge uma história que conta as desventuras das atribuladas primeiras 24 horas de marido e mulher do jovem casal, nas quais o fiel Fusca teve um papel importante, comparecendo nas horas mais difíceis.
Esta primeira experiência consolidou um casamento que dura até hoje.
[Página do Livro II] [Índice] [VOLTAR] [Adao] [Zank] [Diogo] [Edson] [Rollemberg] [Maria] [Berg] [Ouriques] [Tetê] [Tito] [AVANÇAR]


Counter
Iniciado 30MAR2004